Logo PECE. Pular para página inicial

Notícias

Imagem de usuário usando computador

Pesquisadores debatem lacunas de pesquisa

Pesquisadores debatem lacunas de pesquisa 

no 11º Congresso Brasileiro de Gestão de Desenvolvimento do Produto

O evento acontece em setembro, na Poli-USP, e reúne pesquisadores de

importantes universidades 

 

 

As tendências recentes e lacunas de pesquisa serão debatidas na mesa-redonda dedicada à academia, que reunirá três professores e pesquisadores, no 11º Congresso Brasileiro de Inovação e Gestão de Desenvolvimento do Produto (CBGDP). O evento acontece nos dias 4 e 5 de setembro, na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), na capital paulista.  

 

O doutor em Gestão Ágil pela Escola de Engenharia de São Carlos da USP (EESC/EI2), Edivandro Carlos Conforto, falará sobre as oportunidades para pesquisadores brasileiros e como as tendências conhecidas hoje podem direcionar as pesquisas em gestão de projetos e desenvolvimento de produtos. Ele possui pós-doutorado pelo Massachusetts Institute of Technology nas áreas de Organizational Agility, Agile Project Management, Program Management e Systems Engineering Integration. É fundador da ECConforto Consulting & Research Group, e Strategy Research Advisor na Brightline Initiative.

 

"O avanço tecnológico é exponencial e uma realidade em todos os campos, da agricultura à fábrica de automóveis. Em gestão de projetos ou desenvolvimento de produtos, temos que investigar como as tecnologias - inteligência artificial, realidade virtual, realidade aumentada, aprendizado de máquina... - serão integradas ao ser humano e ao nosso sistema social para sermos mais produtivos e eficientes na resolução de problemas complexos que estão ameaçando o planeta", diz Edivandro Conforto. Na opinião dele, é preciso construir uma visão integrada, na qual a tecnologia é parte das pesquisas no campo da gestão, e saber como desenvolver modelos e práticas que se beneficiem das novas tecnologias.

 

Edivandro Conforto acaba de retornar do evento global da Singularity University, instituição do Vale do Silício, em São Francisco, EUA, reconhecida por seus programas de inovação. "O evento reuniu mais de 1.500 empreendedores e executivos de vários países, e o tema comum é que estamos vivenciando uma evolução tecnológica exponencial e tudo que fazemos terá tecnologia, estará conectado", diz. Segundo ele, ficou evidente, nas palestras e comentários dos participantes, que haverá mudanças radicais nos próximos cinco anos.

 

O especialista ressalta que são inúmeras as oportunidades para todas as áreas de pesquisa em gestão. "Temos que ser ousados e inovar nos métodos de pesquisa e como combinamos tecnologia para repensar os modelos de gestão e resolver problemas e desafios que ainda não foram descobertos em gestão de projetos e desenvolvimento de produtos, mas que serão realidade nos próximos anos", conclui. 

 

Outros palestrantes da mesa-redonda sobre pesquisa - O professor Paulo Augusto Cauchick Miguel, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ministrará a palestra "Perspectivas de pesquisa em temas associados ao GDP (Gestão de Desenvolvimento do Produto) no contexto de um pós-doutorado ou sabático". Ele é professor adjunto do Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas da UFSC e professor credenciado no Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção da Poli-USP.

 

Os desafios na pesquisa sobre os sistemas produto-serviço (PSS) e servitização serão abordados pelo professor Glauco Henrique de Sousa Mendes, do Departamento de Engenharia de Produção da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Ele possui pós-doutorado pela USP e Universidade Técnica da Dinamarca.

 

Após a apresentação das palestras, será iniciado o debate entre os pesquisadores. A mesa-redonda dedicada à academia está programada para o dia 5 de setembro, das 11horas às 12h30.

 

O Congresso - Com foco na Internet das Coisas, o 11º Congresso Brasileiro de Inovação e Gestão de Desenvolvimento do Produto apresentará palestras, mesas-redondas, sessões temáticas (cerca de 120 trabalhos técnicos-científicos), minicursos e visita a laboratórios da Poli-USP. O público-alvo são pesquisadores, professores, estudantes, empresários, consultores, engenheiros, administradores, designers e demais profissionais que atuam na área. É o principal fórum de engenharia sobre gestão da inovação, integrada ao desenvolvimento dos produtos e serviços.

 

O 11º Congresso é uma iniciativa do Instituto de Inovação e Gestão de Desenvolvimento do Produto (IGDP), em parceria com a Poli-USP; Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC-USP); e Universidade Federal do ABC (UFABC). Tem o apoio da Fundação Vanzolini, Centro de Engenharia Automotiva (CEA) e Programa de Educação Continuada (PECE), ambos da Poli-USP. 

  

 

Serviço:

11º Congresso Brasileiro de Inovação e Gestão de Desenvolvimento do Produto

Data: 4 e 5 de setembro de 2017

Local: Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

Departamento de Engenharia Mecânica

Av. Prof. Mello Moraes, 2231- Cidade Universitária - São Paulo - SP

Informações e inscrições: www.cbgdp.org.br

 

Mesa-redonda Tendências Recentes e Lacunas de Pesquisa - 5 de setembro, às 11 horas.  

 

(21/agosto/2017)
Informações para imprensa: 
Célia Domingues (CEA - Poli/USP)
(11) 5641-0690

Título Qualidade
Título Qualidade
Imagem do selo de Garantia de Qualidade POLI
Centro de Apoio ao Aluno: atendimento@pecepoli.com.br
Telefone: (11) 2998-0000 Fax: (11)2998-0054
Segunda a sexta-feira das 9h00 às 21h00.
Logo da USP - link externo ©Copyright 2010 PECE - Todos direitos reservados. Logo da Escola Politécnica - link externo