Logo PECE. Pular para página inicial
 

Ementa da Disciplina

CódigoVIS-008
DisciplinaSistemas de sinalização e comunicação
ObjetivoConhecer o desenvolvimento histórico da sinalização metroferroviário e controle de trens. Entender os riscos envolvidos no tráfego metroferroviário e a contribuição da mitigação de sinalização. Compreender os processos envolvidos no gerenciamento da capacidade metroferroviária e segurança. Calcular a capacidade de um simples sistema metroferroviário utilizando diferentes abordagens de sinalização. Apreciar os diferentes níveis de controle necessários em operações metroferroviárias. Conhecer os níveis de automação do sistema de sinalização e controle de trens.
Público_AlvoEste curso destina-se a profissionais de nível superior, preferencialmente, das áreas de engenharia, arquitetura e geologia, bem como a outros profissionais de nível superior que atuam, ou que pretendem atuar na área de transportes sobre trilhos e que ocupem, ou venham a ocupar posições de gerência, responsáveis por tomada de decisões.
Ementa

Sistemas de sinalização e controle e sua evolução tecnológica;

Sistemas de Sinalização e Controle - Aplicabilidade de RAMS;

Sistemas de Sinalização e Controle - Capacidade e Desempenho;

Sistemas de Telecomunicações aplicados em projetos metroferroviários;

Engenharia de Sistemas e Engenharia de Software aplicados em projetos metroferroviários;

Análise de Segurança de Sistemas Críticos.

BibliografiaKERR, D. (Ed.). (2000). Introduction to Signalling. London: Institution of Railway Signal Engineers. INCOSE Systems Engineering Handbook, Version 3. System Engineering, Project Performance International Material. Vuchic, Vulcan, Urban Transit System and Technology. HARMER, J., TURNER, K., and RILEY, C. (2002). EuroRadio and the RBC. Paper presented to the IRSE, London, 6 November. MITCHELL, I. H. (2003). Signalling Control Centres Today and Tomorrow. Paper presented to the IRSE, London, 15 January. PINCOCK, A. J. L. (1998). Safe Passage to Europe - Eurostar's In-Cab Signalling Systems. Proceedings of the ImechE, Part F Journal of Rail and Rapid Transit, Vol. 212. WRIGHT, N. and HAMILTON, A. (2002). ATP - The Train Operator's Perspective. Paper presented to the IRSE, London, 16 January. WOODLAND, D. N. and SCHMID, F. (2002). The Limitations of Train Braking Performance: Adhesion, Acceleration and Jerk. In: Railtex 2002, National Exhibition Centre, Birmingham, 26-28 November SCHMID, F. (2002). Train Control Research in Europe. Paper presented to the IRSE, IEE London, 13 February 2000. LUNDBERG, P. (2002). Eurobalise Transmission System, A Technical Overview. Paper presented to the IRSE, 9 October. KERR, D. (2000). Signalling and Communications. pp O5/1-20, Kempe's Engineers Year-Book for 2000, 105th Year, J. Hall Stevens (Editor), Miller Freeman Information Services. Normas Ferroviárias Nacionais (ABNT), Internacionais (IEC,ISO, etc) e Estrangeiras (ARR, BSI, etc) para Sistemas de Sinalização metroferroviárias.
Duração (h)32
Título Escolha
Imagem do selo de Garantia de Qualidade POLI
Centro de Apoio ao Aluno: atendimento@pecepoli.com.br
Telefone: (11) 2998-0000 Fax: (11)2998-0054
Segunda a sexta-feira das 9h00 às 21h00.
Logo da USP - link externo ©Copyright 2010 PECE - Todos direitos reservados. Logo da Escola Politécnica - link externo