Logo PECE. Pular para página inicial
 

Ementa da Disciplina

CódigoVIS-001
Disciplina Planejamento de transportes
ObjetivoApresentar bases teóricas, conceitos e variáveis empregados pelo METRÔ de São Paulo no processo de planejamento de transporte - com enfoque no papel da acessibilidade na formação do espaço urbano; nas pesquisas sobre a demanda de transporte; no traçado de redes de alta e média capacidade; no diagnóstico dos principais problemas de transporte; na produção de cenários de desenvolvimento - principais componentes de planos de transporte, norteadores de políticas públicas a curto, médio e longo prazo, bem como das decisões governamentais no setor. Os fundamentos teóricos apresentados são aplicados em análises sobre o papel da acessibilidade na formação do espaço urbano da Região Metropolitana de São Paulo; na espacialização e quantificação da demanda e da oferta de transporte público da região; no diagnóstico dos correspondentes problemas setoriais; na produção de cenários de desenvolvimento urbano e socioeconômico paulistas; e no traçado de redes de transporte público no âmbito desta metrópole. ,Apresentar conceitos, metodologias e ferramentas utilizados nos projetos de redes e linhas de transporte metropolitano e consolidação e divulgação dos conhecimentos produzidos nesta área pelo METRÔ de São Paulo - com enfoque em modelos de simulação da demanda de transporte e de calibração de redes; na avaliação de redes de transporte alternativas; na definição do traçado de linhas de média e alta capacidade; na localização e dimensionamento de equipamentos de transporte; no mercado imobiliário; em pesquisas para avaliação do impacto de investimentos em transporte no mercado imobiliário; em fontes de financiamento do sistema de transportes. Os fundamentos teóricos apresentados estão associados a estudos e projetos relacionados à rede de metrô de São Paulo.
Público_AlvoEste curso destina-se a profissionais de nível superior, preferencialmente, das áreas de engenharia, arquitetura e geologia, bem como a outros profissionais de nível superior que atuam, ou que pretendem atuar na área de transportes sobre trilhos e que ocupem, ou venham a ocupar posições de gerência, responsáveis por tomada de decisões.
Ementa

A formação do espaço urbano e o papel da acessibilidade.

A formação da Metrópole Paulista e o papel da acessibilidade. 

A Pesquisa O/D. Uso das informações da Pesquisa O/D.

As Pesquisas O/D na RMSP. Aplicações. A espacialização das viagens da RMSP.

Sistemas de transporte de âmbito metropolitano. O sistema de transporte da RMSP.

Diagnóstico dos principais problemas de transporte.

Produção de cenários prospectivos de desenvolvimento urbano e socioeconômico.

Concepção e desenho de redes.

Modelos de simulação para previsão de demanda de transporte urbano.

Avaliação de redes de transporte alternativas.

Concepção e definição do traçado de linhas de média e alta capacidade.

Localização e dimensionamento de equipamentos de transporte e licenciamento ambiental - O mercado imobiliário.

O mercado imobiliário da RMSP.

Pesquisas para avaliação do impacto de investimentos em transporte no mercado imobiliário. Acompanhamento do mercado imobiliário nas áreas servidas pela rede de metrô de São Paulo.

Fontes de financiamento do sistema de transportes. A experiência nacional e internacional. A legislação pertinente.

BibliografiaALONSO, William. Location and land use: toward a general theory of land rent. Cambridge: Harvard University Press, 1964. BAUMOL, William J. On taxation and the control of externalities. American Economic Review, Pittsburgh, v. 62, n. 3, p. 307-322, 1972. BELDA, Rogério. Modelo simples de avaliação de carências de transporte urbano. Revista Dos Transportes Públicos: ANTP, São Paulo, n. 83, p.35-40, 1999. BRUTON, Michael J. Introdução ao planejamento dos transportes. São Paulo: EDUSP; Interciência, 1979. BRUTON, Michael J. Introduction to transportation planning. Londres: Hutchinson, 1975. BRUTON, Michael J. The spirit and purpose of planning. Londres: Hutchinson, 1974. (The built environment series). CAMARGO, Cândido Procópio Ferreira de et al. A lógica da desordem. In: KOWARICK, Lúcio; BRANT, Vinícius Caldeira. São Paulo 1975: crescimento e pobreza. 5. ed. São Paulo: Loyola, 1976. Cap. 2, p. 21-62. CAMBRIDGE SYSTEMATICS. Moving cooler: an analysis of transportation strategies for reducing greenhouse gas emissions. Washington, DC: Urban Land Institute, 2009. CANO, Wilson. Desequilíbrios regionais e concentração industrial no Brasil: 1930 - 1970. São Paulo: Global, 1985. CASIROLI, Fabio. Khronopolis: : accesible city, feasible city. Londres, UK: Idea Books, 2009. CASTELLS, Manuel. A questão urbana. São Paulo: Paz e Terra, 2000. CETESB - COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. Licenciamento. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2012. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Aferição da Pesquisa Origem e Destino na Região Metropolitana de São Paulo - RMSP em 2002: síntese das informações. São Paulo: Metrô, 2003. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Análise econômica: Linha 5-Lilás Capão Redondo-Chácara Klabin. São Paulo: Metrô, 2009. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Análise econômica: Linha 5-Lilás trecho Largo Treze-Chácara Klabin: projeto funcional: consolidação do traçado e posicionamento das estações. São Paulo: Metrô, 2008. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Impactos da Linha 4-Amarela na dinâmica imobiliária do entorno. São Paulo: Metrô, 2011. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Impactos da Linha 4-Amarela nas condições de vida e de viagem da população pobre residente em suas áreas de influência. São Paulo: Metrô, 2011. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Leste Oeste: em busca de uma solução integrada. São Paulo, 1979. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Linha 15 Branca: conexão da linha 2-Verde com a linha 3-Vermelha: trecho Vila Prudente-Dutra: projeto funcional. São Paulo: Metrô, 2012. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Linha 2-Verde Trecho Vila Prudente-Cidade Tiradentes: Diretrizes básicas de projeto. São Paulo: Metrô, 2010. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Linha 4-Amarela: Morumbi-Luz: projeto funcional. São Paulo: Metrô, 1997. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Linha 5-Lilás trecho Largo Treze-Chácara Klabin: avaliação e seleção de alternativas de traçado. São Paulo: Metrô, 2001. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Linha 6-Laranja: Brasilândia-São Joaquim: projeto funcional. São Paulo: Metrô, 2010. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Pesquisa origem e destino 2007 - Região Metropolitana de São Paulo: síntese das informações. São Paulo: Metrô, 2008. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Pesquisa origem-destino 1997 - Região Metropolitana de São Paulo: síntese das informações. São Paulo: Metrô, 1999. 53 p. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Rede essencial: trechos prioritários. São Paulo: Metrô, 2006. COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ. Terceira linha do Metrô de São Paulo: estudo de viabilidade técnico-econômico-financeira. São Paulo: Metrô, 1980. CORREA, Roberto Lobato. O espaço urbano. São Paulo: Ática, 1989. COSTA NETO, Antonio José da; KAYAL, Michel. Se a cidade acordasse no ano 2000 sem Metrô? Revista Engenharia, São Paulo, v. 57, n. 536, p.29-30, nov./dez. 1999. CPTM: COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS. Estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental da 2ª etapa da Linha 5 de Metrô de São Paulo. São Paulo: CPTM, 2001. CPTM: COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS. Projeto funcional: modernização da malha da CPTM. São Paulo: CPTM, 2002. CUNHA, P. Vieira da; SMOLKA, M. O. P. &. Notas críticas sobre a relação entre rendas fundiárias e o uso do solo urbano. São Paulo: Fundap, 1978. DEÁK, Csaba. Elementos para uma política de transporte público em São Paulo. Espaço e Debates, São Paulo, n. 30, p.42-55, 1990. DEÁK, Csaba. Localização e espaço. In:DEÁK, Csaba. À busca das categorias da produção do espaço. Tese (Livre Docência) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo. São Paulo, 2001. Cap. 5. DEÁK, Csaba; SCHIFFER, Sueli. O processo de urbanização no Brasil. São Paulo: FUPAM; EDUSP, 1999. DEÁK, Csaba; SCHIFFER, Sueli. São Paulo: the metropolis of na elite society. In:SEGBERS, Klaus et al. The making of global city regions: a comparison of Johannesburg, Mumbai/Bombay, São Paulo, and Shanghai. Londres: Johns Hopkins, 2007. EWING, Reid et al. Growing cooler: the evidence on urban development and climate change. Chicago: Urban Land Institute, 2008. Disponível em: . Acesso em: 04 abr. 2012. FARRET, Ricardo L. (Org.). O espaço da cidade. São Paulo: Projeto, 1985. FERREIRA, Luiz Antonio Cortez. Transporte, mudanças climáticas e a importância dos co-benefícios na definição de medidas de mitigação para o setor. INTERFACEHS: Revista de Saúde, Meio Ambiente e Sustentabilidade, São Paulo, v. 6, n. 2, p.1-25, ago. 2011. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2012. FOLIN, Marino. La ciudad del capital y otros escritos. Cidade do México: Gilli, 1977. GEORGI, Hanspeter. Cost-benefit analysis and public investment in transport: a survey. Londres: Butterworths, 1973. GORE, Albert. Uma verdade inconveniente: o que devemos saber (e fazer) sobre o aquecimento global. São Paulo: Manole, 2006. GOUVELLO, Christophe de. Estudo de baixo carbono para o Brasil. Brasilia: Banco Mundial, 2010. HARVEY, David. A produção capitalista do espaço: a geopolítica do capitalismo. São Paulo. Annablune, 2005. ISARD, Walter. Location and space economy: a general theory relation to industrial location, market areas, land use trade and urban structure. Cambridge: MIT Press, 1956. KIBERT, Charles J. Sustainable construction: green building design and delivery. 2. ed. Nova Iorque: John Wiley & Sons, 2008. LANGENBUCH, Juergen Richard. A estruturação da Grande São Paulo. Rio de Janeiro: IBGE, 1971. LAPATRA, Jack W. Applying the system approach to urban development. Davis: Dowden, Hutchinson And Ross, 1973. (Community development series). LEFEBVRE, Henri. A cidade do capital. São Paulo: DP&A, 2001. LEFEBVRE, Henri. La prodution de l'espace . Paris: Anthropos, 1974. LEFEBVRE, Henri. Le droit à la ville. Paris: Anthropos, 1968. LIPIETZ, Alain. Le tribut foncier urbain. Paris: François Maspero, 1974. LOJKINE, Jean. O Estado capitalista e a questão urbana. São Paulo: Martins Fontes, 1997. LÖSCH, August. The economics of location. New Haven: Yale University Press, 1954. MAIA, Maria Helena Zanchetta. Os benefícios sociais. Revista Engenharia, São Paulo, v. 61, n. 564, p.93-95, jul./ago. 2004. MAIBACH, M et al. Hand book on estimation of external cost in transport sector, Version 1.1. Delft: European Commission (DG TREN), 2008. MARQUES, Eduardo; TORRES, Haroldo. São Paulo: segregação, pobreza e desigualdades sociais. São Paulo: Senac, 2005. MARX, Karl. Crítica da economia política. In: MARX, Karl. O capital. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. Livro III, Volume VI, Capítulo XLVI. MARX, Karl. Teorias sobre la plusvalia. Buenos Aires: Cartago, 1975. Tomo II. MEADOWS, Donella H. et al. Limites do crescimento: a atualização de 30 Anos. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2007. MEYER, Regina Maria Prosperi; GRONSTEIN, Marta Dora. A leste do centro: território do urbanismo. São Paulo: IMESP, 2010. MORI, Klara Kaiser. Rede de Metrô 2010: parâmetros espaciais. São Paulo: Metrô, 1991. Disponível em: . Acesso em: 04 abr. 2012. NIGRIELLO, Andreína et al. Operação Integrada: eliminando as carências urbanas. Revista Engenharia, São Paulo, v. 57, n. 536, p.32-33, nov./dez. 1999. NIGRIELLO, Andreína et al. Transporte: um mercado em mutação. Revista Engenharia, São Paulo, v. 57, n. 536, p. 48-52, nov./dez. 1999. NIGRIELLO, Andreína. A Expansão da rede de metrô em São Paulo. Revista Dos Transportes Públicos: ANTP, São Paulo, v. 21, n. 83, p.7-23, 1999. NIGRIELLO, Andreína. O impacto do sistema de transporte sobre o espaço urbano. Pós: Revista do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAU/USP, São Paulo, v. 1, n. 2, p.47-54, 1992. NIGRIELLO, Andreína; PEREIRA, Arnaldo Luís Santos; METRAN, Jeanne. Pontos de articulação. Revista dos Transportes Públicos: ANTP, São Paulo, v. 25, n. 97, p. 91-108, 2002. NIGRIELO, Andreína. Transporte coletivo: a experiência internacional em fontes não convencionais de financiamento. Revista Dos Transportes Públicos, São Paulo, v. 16, n. 61, p.79-90, 1993. OLIVEIRA, Maria Cecília Masagão Andreoli de; SPOSITO, Luis Claudio. Carência do transporte coletivo na Região Metropolitana de São Paulo. In: SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA, 15., 2009, São Paulo. Fórum Técnico. São Paulo: Aeamesp, 2009. OPPENHEIM, Norbert. Urban travel demand modeling: from individual choices to general equilibrium. Nova Iorque: John Wiley & Sons, 1995. ORTÚZAR, Juan de Dios; WILLUMSEN, Luís G. Modelling transport. Chichester: John Wiley & Sons, 1993. OVENDEN, Mark. Transit maps of the world: design history of transit systems. Estados Unidos: Penguin, 2007. PATEL, Raj. O valor de nada: por que tudo custa mais caro do que pensamos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009. PEREIRA, Arnaldo Luís Santos et al. Balanço social no Metrô de São Paulo: um novo instrumento de avaliação da empresa. Revista Dos Transportes Públicos, São Paulo, v. 23, n. 91, p.13-32, 2001. PIGOU, Arthur C.. The economics of welfare. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2012. POTTS, Renfrey B; OLIVER, Robert M. Flows in transportation networks. Nova Iorque: Academic Press, 1972. (Mathematics in science and engineering). PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO. São Paulo Interligado: o plano de transporte público urbano implantado na gestão 2001-2004. São Paulo, 2004. RAY, Anandarup. Cost-benefit analysis: issues and methodologies. Washington, D.C.; Baltimore: World Bank; Johns Hopkins University Press, 1990. Disponível em: . Acesso em: 03 abr. 2012. Report of the World Commission on Environment and Development: our common future. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2012. ROLL, Eric. História das doutrinas econômicas. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1962. ROLNIK, Raquel. A cidade e a lei: legislação, política urbana e territórios na cidade de São Paulo. São Paulo: Fapesp, 1997. 242 p. SALDIVA, Paulo. Meio ambiente e saúde: o desafio das metrópoles. São Paulo: Instituto Saúde e Sustentabilidade, 2010. 200 p. SORT, Jordi Julia. Redes metropolitanas. Barcelona: Gustavo Gili, 2006. 200 p. SOUZA, P. A. M.. Efeito estruturante das redes de transporte coletivo no território. 2010. Tese (Doutorado) - Universidade de Lisboa, Lisboa, 2010. STERN, Nicholas. Stern review: the economics of climate change. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2012. STIEL, Waldemar Correa. História do transporte urbano no Brasil. São Paulo: Pini, 1984. 519 p. STM: SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS. PITU 2020: Plano Integrado de Transportes Urbanos para 2020. Região Metropolitana de São Paulo. São Paulo: STM, 1999. STM: SECRETARIA DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS. PITU 2025: Plano Integrado de Transportes Urbanos - Síntese. Disponível em: . Acesso em: 09 abr. 2012. THE WORLD BANK. Cidades em movimento: estratégia de transporte urbano do Banco Mundial. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2012. TOLEDO, Benedito Lima de. São Paulo: três cidades em um século. São Paulo: Duas Cidades, 1981. TOPALOV, Christian. Capital et proprieté foncière. Paris: CSU, 1973. TUPINAMBÁ, Nestor Soares. Diretrizes técnicas para um projeto de uma linha de metrô, no Metrô-SP: análise um caso real. Dissertação (Mestrado) - Curso de Planejamento Urbano e Regional, Departamento de Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. U. S. DEPARTMENT OF COMMERCE: BUREAU OF PUBLIC ROADS. Calibrating and testing a gravity model for any size urban area. Washington: DOT, 1965. UITP. Critérios de escolha do modo de transporte segundo o planejamento urbano e as condições de operação. Revista Dos Transportes Públicos, São Paulo, v. 6, n. 23, p.9-120, 1984. Trimestral. VASCONCELLOS, Eduardo Alcântara de. Transporte urbano nos países em desenvolvimento: reflexões e propostas. 3. ed. São Paulo: Annablume, 2000. 284 p. VASCONCELLOS, Eduardo Alcântara de. Transporte urbano, espaço e equidade: análise das políticas públicas. São Paulo: Unidas, 1996. VASCONCELLOS, Eduardo Alcântara de; JUNQUEIRA, Laurindo. Por uma política nacional de transporte urbano. Revista Dos Transportes Públicos, São Paulo, v. 22, n. 85, p.29-42, 1999. Trimestral. VON THÜNEN, J. H.. The isolated state. New York: Pergamon Press, 1966. VUCHIC, V. Urban transit: operations, planning and economics. Hoboken: John Wiley & Sons, 2007. VUCHIC, Vukan R.. Transportation for livable cities. New Jersey: Center For Urban Policy Research, 1999. 352 p. WENDT, Paul F.. Theory of urban land values. Land Economics, Madison, v. 33, n. 3, p.228-240, ago. 1957.
Duração (h)33
Título Escolha
Imagem do selo de Garantia de Qualidade POLI
Centro de Apoio ao Aluno: atendimento@pecepoli.com.br
Telefone: (11) 2998-0000 Fax: (11)2998-0054
Segunda a sexta-feira das 9h00 às 21h00.
Logo da USP - link externo ©Copyright 2010 PECE - Todos direitos reservados. Logo da Escola Politécnica - link externo